Pai é pai. Mãe é mãe.

            Há mãe que diz ser mãe e pai ao mesmo tempo. Há pai que diz ser pai e mãe ao mesmo tempo. Não dá para ser completamente as duas coisas ao mesmo tempo. São gêneros diferentes, dons diferentes constituídos pelo Criador para um ser complemento do outro na colaboração e na elaboração da vida nas suas mais diversas etapas.

            Existe mãe que faz o “papel” de pai, mas não é o pai. Existe pai que faz o “papel” de mãe, mas não é a mãe. Fazer o “papel” é representar e sabemos que a representação de alguém nunca será esse alguém por completo em si. Nós nos  arranjamos na vida conforme as possibilidades e as perspectivas que a vida nos impõe, porém ficará sempre algo pendente no ser que necessita, nem que seja do “papel” , do pai ou da mãe.

            O dom natural é próprio de cada ser na criação. O pai com seus dons. A mãe com seus dons. No teatro funciona assim: se alguém ensaiou a peça e faltou na hora da apresentação do show, qualquer um que for fazer o “papel” daquele que não compareceu na apresentação, não conseguirá representar por completo o ausente. No palco da vida, quando alguém, por um motivo ou outro não assume os seus dons com sua missão na vida familiar, como pai ou mãe, por mais que o outro se esforce, ficará algo pendente na vida dos filhos. Pai e mãe não são substituídos, são  arranjados  e por mais perfeito que pareça o arranjo, nunca será uma flor natural. Se cada um cumprisse sua missão na integralidade como pai ou mãe, não existiria tantos filhos tristes que choram a ausência desses dois protagonistas de suas vidas.

            Existem milhares de mães que carregam o fardo de sua missão de ser mãe e ainda buscam preencher o vazio dos filhos pela falta do pai. E não é diferente o que acontece com muitos pais que fazem o mesmo na falta da mãe dos filhos.  Quanto vazio na vida de um filho que sente seu pai ou mãe ausente. Nada poderá preenchê-lo, pois o vazio da falta é inerente ao ser humano. Podemos construir perspectivas, mas o pai será sempre o pai e a mãe será sempre a mãe. 


Publicado por:

Sobre

O site dizimocatolico.com.br surgiu da necessidade de estarmos próximo de todas as paróquias, padres, bispos, pastoral do dízimo e demais pessoas que desejarem conhecer um pouco mais sobre nosso trabalho de evangelização no Brasil inteiro...

Continuar lendo

Links Parceiros

Notícias Mais Lidas

Endereço

Dizímo Católico
Rua Arthur Fucks, 298
Bairro Jardim
Ijuí/RS
cep: 98700-00
Fone: (55) 3332-6543